Ilustração de casal na janela e a mulher está grávida
Sinais de trabalho de parto: O que fazer?

Sinais de trabalho de parto: O que fazer?

Falta pouco para o nascimento da criança. E a pergunta que todas fazem é: como vou saber que estou em trabalho de parto? Não é uma regra, mas a maioria das gestantes recebem alguns sinais do corpo de que o grande momento está se aproximando.
Fizemos uma listinha para te ajudar com os principais sinais!  

Contrações

No início geralmente ocorrem em intervalos de 15 a 20 minutos e duram entre 30 e 45 segundos.  Aos poucos ficam mais fortes e longas.  Na fase em que sentir 1 (uma) contração a cada 3 minutos e que duram por volta de 45 segundos ou mais, a gestante deve procurar o hospital e avisar seu médico

Atenção! Fique atenta às contrações de treinamento (ou de Braxton Hicks): para identificá-las, basta verificar se elas possuem uma sincronia. Caso a resposta seja não, você ainda não está em trabalho de parto.

 Ruptura da bolsa amniótica

    Quando a bolsa “ estoura“ você pode perder líquido pela vagina que pode escorrer por suas pernas, molhar a roupa ou a cama (rompimento da bolsa das águas). Neste caso, mesmo que não sinta as contrações, você deve ir à maternidade, pois precisa ser avaliada por um profissional.

Liberação do tampão mucoso

O tampão é uma espécie de muco, espesso e gelatinoso, que fecha o colo do útero e funciona como uma proteção contra a invasão de bactérias. Quando se inicia a dilatação do colo do útero, o tampão pode sair aos poucos ou inteiro. Pode vir com algumas raias de sangue. Sua saída pode ocorrer até vários dias antes do início do trabalho de parto.

Caso você tenha algum desses sintomas, ligue para o seu médico para informá-lo. Nem sempre é necessário ir ao hospital com urgência, ele saberá o melhor a ser feito no momento.