Ilustração de casa de tijolos amarelos e janela aberta
Saiba mais sobre o Aedes Aegypti e como combatê-lo!

Saiba mais sobre o Aedes Aegypti e como combatê-lo!

O que é o mosquito Aedes Aegypti?

O Aedes aegypti é o nome científico de um mosquito ou pernilongo que transmite a dengue, febre amarela urbana, além da zika e da chikungunya, doenças chamadas de arboviroses. Possui uma característica que o diferencia dos demais mosquitos, que é a presença de listras brancas no tronco, cabeça e pernas.

O Aedes aegypti põe seus ovos em recipientes como latas e garrafas vazias, pneus, calhas, caixas d’água descobertas, pratos sob vasos de plantas ou qualquer outro objeto que possa armazenar água da chuva. O mosquito pode procurar ainda criadouro naturais, como bromélias, bambus e buracos em árvores.

Como combater o Aedes Aegypti?

Uso de Inseticidas e Repelentes:

Os inseticidas, usados para matar mosquitos adultos (spray ou aerossol), e repelentes ambientais, usados para afastar os mosquitos (encontrados na forma de espirais, líquidos e pastilhas utilizadas, por exemplo, em aparelhos elétricos), também podem ser adotados no combate ao mosquito aedes aegypti, desde que registrados na Anvisa e sejam obedecidos todos os cuidados e precauções descritas nos rótulos dos produtos. Aplicados diretamente na pele, os repelentes de uso tópico podem ser usados em gestantes e crianças maiores de dois anos.

CUIDADOS NO USO DE REPELENTES E INSETICIDAS NO COMBATE AO AEDES AEGYPTI

  • Repelentes de uso tópico devem ser aplicados nas áreas expostas do corpo e por cima da roupa.
  • A reaplicação deve ser realizada de acordo com indicação de cada fabricante.
  • Para aplicação da forma spray no rosto ou em crianças, o ideal é aplicar primeiro na mão e depois espalhar no corpo, lembrando sempre de lavar as mãos com água e sabão depois da aplicação.
  • Em caso de contato com os olhos, é importante lavar imediatamente a área com água corrente.

Dicas para eliminar os criadouros:

É importante manter higiene e ter cuidado com todos os locais que podem acumular água parada em qualquer época do ano, pois os ovos são resistentes a dessecação e podem sobreviver no meio ambiente 450 dias, bastando pouca quantidade de agua como uma pequena poça para que haja a eclosão das larvas.

Reconhecendo Sintomas das Doenças

Os sintomas das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti podem ser confundidos com sintomas de doenças mais comuns, como gripes e resfriados. Por isso, é importante estar sempre em alerta. O diagnóstico precoce é essencial para o sucesso do tratamento.

Caso apresente os sintomas, é importante procurar um serviço de saúde para diagnóstico e tratamento adequados.

Principais sintomas da DENGUE: