Mês do Meio Ambiente: Seguros Unimed celebra um ano de parceria com a Fundação Biodiversitas

Mês do Meio Ambiente: Seguros Unimed celebra um ano de parceria com a Fundação Biodiversitas

24/06/2021
ilustração de um casal de araras azuis em cima de um galho.

Entre os destaques do trabalho realizado nos últimos doze meses está a viabilização do projeto de melhoria das instalações da Estação Biológica de Canudos (BA). O objetivo é que o local esteja apto a receber observadores de aves de todo o mundo.

Em 2021, as entidades ampliarão esforços para a proteção do habitat da Arara-azul-de-lear, um importante sítio da Aliança Brasileira para Extinção Zero.


A Seguros Unimed completa um ano de parceria com a Fundação Biodiversitas, organização não governamental (ONG) que se dedica à proteção de espécies da fauna e da flora nos ecossistemas brasileiros. Entre os projetos da entidade destaca-se a gestão da Estação Biológica de Canudos (EBC),reserva criada para a recuperação populacional da Arara-azul-de-lear (Anadorynchus leari), na Bahia. Além do suporte às ações para proteção ao habitat da espécie, realização de estudos biológicos que orientem estratégias de conservação e das iniciativas de educação ambiental na comunidade local, a Seguradora também apoia um dos 146 sítios da Aliança Brasileira para Extinção Zero, contribuindo para inspirar parcerias semelhantes em nível internacional.


Para o presidente da Fundação Biodiversitas, Geraldo Wilson, o apoio da Seguradora tem sido essencial para o Programa de Conservação da Arara-azul-de-lear, uma espécie que ocorre apenas na caatinga baiana e está entre as mais ameaçadas de extinção no mundo. “A Biodiversitas e a Seguros Unimed, juntas, têm realizado um trabalho consistente, incluindo a melhoria das instalações que vão tornar a reserva preparada para receber observadores de aves do mundo todo, em busca de uma prática de turismo sustentável”, revela Wilson. O professor e pesquisador destaca ainda que a parceria resguarda não apenas as araras como também o seu ambiente, contribuindo para proteger diversas outras espécies e processos ecológicos, como os ciclos climáticos e hidrológicos. 


“A sustentabilidade é tema estratégico na Seguros Unimed. Como uma empresa cooperativista com tradição em saúde, sabemos da relevância de cuidar do meio ambiente, de promover ações de responsabilidade social e, também, de contar com as melhores práticas de governança”, explica Helton Freitas, presidente da Seguros Unimed. “Acreditamos na relevância de parcerias como a que temos com a Biodiversitas para garantirmos a preservação da fauna e da flora brasileira e fazemos questão de participar desse movimento”.


Conheça a espécie em extinção

A Arara-azul-de-lear (Anodorhynchus leari) é a única ave brasileira que disputou e venceu um concurso internacional, sendo eleita uma das sete maravilhas da natureza. A espécie atrai turistas do mundo todo para assistir à sua revoada matinal em busca de alimentos. A ave, que se alimenta principalmente dos coquinhos da palmeira licuri e dos frutos da braúna na caatinga baiana, encontra-se em risco de extinção, em função de sua captura e comércio ilegal, além da perda de seu habitat.


Sua distribuição geográfica abrange os municípios de Jeremoabo e Canudos, na Bahia, onde se abrigam nos paredões de arenito que servem de dormitório e área de nidificação para a espécie. Com a chegada das chuvas no final de ano, começa a época reprodutiva. Nesse período, o casal se separa do bando, mas permanece unido por toda a vida. Hoje, a população da Arara-azul-de-lear está restrita a cerca de 2 mil indivíduos na natureza – em 1992, quando a Estação Biológica de Canudos foi implantada, eram apenas 50, o que faz desse programa de conservação um dos mais bem-sucedidos da América do Sul na recuperação de espécies ameaçadas.